Academia Alagoana de ...

Assim como a ABL - Academia Brasileira de Letras, e, com certeza, as Academias de Letras dos diversos estados do país, a Academia Alagoana de Letras - A.A.L., fundada em 1919, parece mais que serve a outros propósitos, ao invés daqueles que sabemos que ela deva realmente servir.
Outro dia, fazia uma reflexão com um amigo meu, onde dizíamos que as Academias de Letras, principalmente a Brasileira e a Alagoana, mais parecem academias políticas.
Pelo visto acertamos na análise. Confesso que não foi praga, mas uma semana após à nossa conversa a A.A.L., elegeu por 22 votos contra 8, o ex-presidente da república e atual senador por Alagoas, Fernando Collor de Mello, como o mais novo imortal, ocupando assim a Cadeira número 20.
O mais curioso, e que carimba o nosso argumento, é que o mais novo "imortal", foi eleito mesmo sem nunca ter publicado um livro, isto mesmo, ele nunca publicou uma obra, o que elle tem publicado são seus discursos em jornais (tipo Gazeta de Alagoas que é de sua família) e nos anais do Congresso Nacional.
Fazer o quê, gostaria mesmo agora é de conhecer os membros da academia que SABIAMENTE votaram contra, para poder apláudi-los e conhecer também os 22 que POLITICAMENTE votaram a fravor, não para vaiá-los, mas sim, para conhecer e saber o tipo de imortal, além de Collor, que faz parte desta Academia Alagoana de Política, digo, de Letras.


Sérgio Rogério
ACORDA UNIÃO

1 comentários:

BOCA DE CAÊRA disse...

companheiros, eu sinto até graça da inocência de vcs. acadêmias como estas estão por toda a parte e elas fazem isso ha séculos, porque o verdadeiro próposito delas é formar opinião para defender a uma elite burguesa. vcs acham que ela, a acadêmia alagoana, iria colocar por exemplo "seu tonhinho" escritor popular, representante do movimento contra a transposição do rio são francisco, homen do povo? eles elegeram um canalha, que além de já ter lesado os brasileiros uma vez, por razões dos movimentos pacifistas da epoca, hoje veio a baila novamente. seria preciso que naquela época os estudantes tivessem saido as ruas com armas e não com as cras pintadas. foi bonito mais não resolveu nada, pois a prova maior ta ai...Collor de novo! não adinata cobrar moral, dignidade, piedade dessa corja, pedir para que estas acadêmias entendam os erros que elas cometem é absurdo, pois elas existem para isso, servir a burguesia! o povo tem que destruir organizações sebosas como ABL e AAL, e construir outra com pessoas do povo e que sirvam aos intereses do povo.