Sessão da Câmara / Reivindicação dos Trabalhadores 23/06/2009

A sessão da Câmara nesta terça teve várias particularidades. A princípio, estavam presentes alguns dos funcionários da Secretaria de Infraestrutura com as suas reivindicações. Relatarei algumas das falas. Às 10:15h a sessão iniciou, encerrando-se às 12:11h. Estavam presentes todos os vereadores e também o Gerente da Caixa Econômica Federal que não ficou por conta da sessão ter a particularidade e urgência dos trabalhadores da secretaria de infraestrutura, porém o Gerenete da CEF deu algumas informações ao Vereador Fabian Holanda, que será relatado logo mais a seguir.

Expediente da Semana
  • Ofício da Secretaria de Saúde comunicando através de relatório as atividades desenvolvidas no 1º trimestre do ano;
  • Ofício da Secretaria de Saúde com a resolução do Conselho Municipal de Saúde contendo a não aprovação da solicitação de vinculação da clínica Médica CEMEUP ao SUS por não atender alguns pré-requisitos estebelecidos pelo Conselho Nacional de Saúde;

Ordem do Dia

  • Indicação do Vereador Elvinho para a prefeitura solicitando a inclusão de mel de abelha na merenda escolar;
  • Projeto de Lei do Vereador Elvinho dando nome às ruas do Loteamento Santa Maria Madalena.
Facultada a Palavra

O Verador Fabian Holanda relatou o que disse o Gerente da CEF. - A informatização da CEF está passando por reformas a nível nacional; - Estão sendo providenciados 4 caixas eletrônicos, um para ficar na secretaria de saúde, um para prefeitura e dois para estabelecimentos comerciais; Estão vendo a possibilidade da mudança da agência para a antiga Palmarina.

A palavra foi Facultada aos trabalhadores da Secretaria de Infraestrutura...

  • Funcionário Professor Assis - "Estamos reivindicando a resolução do impasse e da situação degradante pela qual estamos passando. Estamos sendo oprimidos com assédio moral e psicológico, suspensões, colocação de faltas sem o funcionário ter faltado, tudo isto por parte do secretário Paulo César. Hoje ele disse que os funcionários não podiam vir à Câmara fazendo ameaças de colocar para fora quem viesse à sessão. Ele é truculento e se faz de bravo para os bestas e ainda chamou os vereadores que foram conversar com o prefeito de babacas e otários".
  • Funcionário Cicero da Silva - "Tudo isto é verdade, desde quando ele(o secretário) entrou na secretaria. O que me deixou mais chocado foi ele dizer que lá nunca entrou um secretário, agora sim que entrou um de verdade(ele). Estamos aqui para pedir a ajuda de vocês(vereadores). O cargo dele deveria ser de juiz de futebol, porque nunca vi uma pessoa colocar tanta falta e dar tanta suspensão".
  • Funcionário Pedro - "Ele(o secretário) já devolveu uns 10 para a administração, ele disse que não tem nada a dizer, quem quizer que se vire. Está preocupado é com o dinheiro no final do mês e duvida alguém tirá-lo de lá porque ele abre o jogo. Ele é perseguidor e não paga as diárias dos funcionários. Ele não fala com os funcionários. Esta semana ele até está falando com os funcionários, mas é por conta dos remédios controlados que vem tomando. Disse que os vereadoes não servem para nada e os chamou de vagabundos".
  • Funcionário Nerildo José da Silva - "Estamos aqui querendo melhorias, estamos sendo tratados como animais, ele não dá atenção".
  • Outro Funcionário - "Os funcionários não podem entrar com a bicicleta mais um empresário da cidade pode guardar o carro lá. Só falta um chicote para bater no povo".
  • Funcionário Expedito da Silva - "A perseguição é grande, hoje estamos sofrendo, ele está massacrando, pegando no pé. Cheganos a este ponto porque não aguentamos mais, já estamos decidindo que ou ele sai ou nós não voltamos a trabalhar lá, se for possível vamos ao Ministério Público para resolver. Esperamos que os vereadores possam resolver".
Com a Palavra os Vereadores...
  • Fabian Holanda - Disse "Como líder da bancada fico até chateado em estar discutindo este assunto, mas nesta sessão especificamente, não falo como líder e sim como vereador. Não participei semana passada por estar em Maceió. Vou encaminhar ao Prefeito as reivindicações".
  • Bobo - Disse "O Kil entrou no grupo depois, este grupo não é dele, ele pegou carona e saiu candidato a Vice, pegou carona e saiu candidato a Prefeito. Na época de Jú Vergetti ele(Paulo César) reclamava de maus tratos, é um demagogo. O prefeito tem obrigação de marcar uma reunião com os funcionários. Sabemos que a maioria dos funcionários têm medo de voltar para lá e apanhar. O prefeito tem que ouvir os funcionários sem a presença do secretário e sua equipe. O discurso do nosso grupo era a denúncia sobre maus tratos e agora estamos vendo isto no grupo. É tão provável que ele não presta que os funcionários ficam sempre relembrando dos outros que lá passaram. A câmara apoia em gênero, número e grau, não estou pedindo a cabeça de ninguém. A câmara sempre estará do lado dos funcionários, mas a câmara não pode retirá-lo, só o prefeito. Estamos pedindo que o Prefeito o coloque no lugar dele. Se ele trabalhasse não teria tempo para perseguir ninguém".
  • Manoel Feliciano - Disse "Esta situação já aconteceu no tempo da escravidão, só o prefeito poderá tomar esta medida. Ele(o secretário) era até humilde e se tornou arrogante. Se tem um curral de animal para ser inaugurado o prefeito deveria reicaminhá-lo para lá. Isto só está acontecendo por conta do prefeito, só ele poderá tirá-lo de lá para outro lugar. Se ele quizer resolver ele resolve".
  • Requerimento Verbal - Solicitando do Prefeito o afastamento do Secretário de Infraestrutura;
  • Ofício - Para o Ministério do Trabalho e Procuradoria Regional do Trabalho vir observar as condições que vêm passando os funcionário da secretaria de Infraestrutura.
  • Biu Crente - Disse "É dever do secretário tratar os trabalhadores bem, estamos prontos para apoiar os funcionários".
  • Elvinho - Disse "Chegou a este ponto por falta de diálogo por parte do poder executivo. Não podemos admitir nem permitir que o povo seja massacrado".
  • Tutu - Disse "O documento que eles(os funcionários) trouxeram tem a assinatura de vários funcionários e não tem outras por medo. Se o prefeito tivesse conversado antes não teria chegado a este ponto. Ou o prefeito faz a coisa certa ou não conta comigo na bancada. Estou do lado dos funcionários para o que der e vier, pois sou funcionário de lá".
  • Requerimento Verbal - Solicitando que o prefeito escute os funcionários em uma reunião sem a presença do Secretário de Infraestrutura.
  • Julio Paulino - Disse "Me entristeço em ver os funcionários cabrando respeito ao secretário. Já vi reivindicações por pagamneto e aumento de salários, mas para pedir respeito nunca. Não posso me calar por ser cidadão, ser solidário, meu sucesso de hoje ser vereador veio de lá. Não vou permitir que um cargo suba à cabeça para prejudicar os outros. Dou meu aval aos funcionários".


E você poderá ouvir os comentários desta sessão nesta quarta-feira às 11:00h., no programa Pense Nisso da rádio Zumbi FM 87.9.

Sergio Rogério
ACORDA UNIÃO

3 comentários:

Wenndell A. A. disse...

E não podemos esquecer da atitude que o senhor secretário de infra-estrutura do município teve quando da manifestação estudantil há alguns meses atrás. Ele colocou o carro pra cima de muitos estudantes que estavam na rua reivindicando um direito legítimo, deixando claro que não tem respeito algum pela classe estudantil da cidade, e pelo visto nem pelos próprios funcionários. Uma vergonha.

Anônimo disse...

O circo tá pegando fogo, hj tem palhaço?! tem sim senhor!

mas quem é o senhor???

ACORDA UNIÃO

Anônimo disse...

Q prefeito é esse que tem medo de um VAGABUNDO NOJENTO DESSES!!!

Kil sua ombridade ficou no útero de tua genitora quando te cuspiu no mundo...