CADA VEZ PIOR

Tudo em cima da hora. Na maior pressa. Lava ali, Lava acolá. E no fim das contas. “Sarrabuia-se” tudo. Sujeira embaixo do tapete se esconde e pronto. Tapa o buraco ligeiro menino, olha os turistas. Mais uma vez em cima do batido do ponteiro. Cada ano, todo mês de novembro, na semana da Consciência Negra, os gestores demonstram as suas maneiras de (des)planejar e (des)organizar as coisas. Sem o 13 de outubro espera-se, na ingenuidade de muitos, que a União realmente tenha feito a diferença e que seja CADA VEZ MELHOR. Temos que acreditar que fazem planejamento e que são os atores principais, muito embora, críticos que somos, percebemos que são coadjuvantes no contexto geral. Bom, é provável que não. E Zumbi, queria festa ou batalha? Espetáculo ou pão? Emprego ou violência? Quilombo ou escravidão? Acordar União ou ....


Marcio Ferreira
BIBLIOTECONOMIA
UFAL

2 comentários:

Wenndell A. Amaral disse...

Pois é, camaradas. Cada vez pior!

BOCA DE CAÊRA disse...

maravilha de texto companheiro. tenho minhas colocações, quando vc fala o que Zumbi escolheria, pois concordo que ele escolheria a batalha, o pão, e também creio que ele não opitaria pela violencia desnecessaria, porem ele que teve que lutar contra o proprio tio (ganga zumba) para que a luta por liberdade não fosse apenas uma negociação pacifica, ele o grande guerreiro Zumbi dos Palmares, nascido para lutar, não iria se sentar e coversar com essa corja que não respeita a negritude de hoje. valeu marcio!