Nepotismo!!!

Moralmente e Legalmente não pode, mas em União dos Palmares, como diz a comediante, PODHE! Vamos ver até quando práticas como estas e outras, nocivas para o bem público, continuarão acontecendo.

Já vinha acontecendo em governos anteriores, onde filho era Secretário de Administração, Esposa Secretária de Saúde e Irmão Diretor de Autarquia, e, atualmente, Esposa sendo nomeada Secretária de Educação. Aonde vamos parar? Não sei, mas continuo gritando. ACORDA UNIÃO!!!! E acrescento NEPOTISMO NÃO!!!

Alguns conceitos para fortalecer a ideia.
Nepotismo (do latim nepos, neto ou descendente) é o termo utilizado para designar o favorecimento de parentes em detrimento de pessoas mais qualificadas, especialmente no que diz respeito à nomeação ou elevação de cargos.
Atualmente é utilizado como sinônimo da concessão de privilégios ou cargos a parentes no funcionalismo público.
Nepotismo ocorre quando, por exemplo, um funcionário é promovido por ter relações de parentesco com aquele que o promove, havendo pessoas mais qualificadas e mais merecedoras da promoção.
Alguns biólogos sustentam que o nepotismo pode ser instintivo, uma maneira de seleção familiar. Parentes próximos possuem genes compartilhados e protegê-los seria uma forma de garantir que os genes do próprio individuo tenham uma oportunidade a mais de sobreviver.
Um grande nepotista foi Napoleão Bonaparte. Em 1809, 3 de seus irmãos eram reis de países ocupados por seu exército.
No Brasil, a Carta de Caminha é lembrada como o primeiro caso de tentativa de nepotismo documentada no Brasil. Ao final da carta, Caminha pede ao rei um emprego a um sobrinho, um rapaz competente e cumpridor dos deveres. A palavra "pistolão", muito empregada no Brasil, vem de epístola (carta), devido à carta de apresentação, prática iniciada com a Carta de Caminha.
Fonte: Wikipédia A Enciclopédia Livre
O Supremo Tribunal Federal, no julgamento da Ação Declaratória de Constitucionalidade nº 12, consolidou o entendimento de que a proibição do nepotismo é exigência constitucional, vedada em todos os Poderes da República (STF, Súmula Vinculante nº 13, 29 de agosto de 2008).

4 comentários:

Marcos Petrúcio disse...

Oi Sergio,

INFELIZMENTE, nepotismo não é ilegal. Pelo menos até onde eu sei. Sem dúvida o é moralmente. Mas a moral não está tão em moda.

Usando o termo do Rui Barbosa, acho que ainda estamos colhendo as politicalhas que foram plantadas durante décadas e mais décadas.

Só acredito na mudança pela educação, mas parece que é justamente aí que os políticos mais regridem, como é o caso. Não sei se voluntariamente ou não. Mas sei que é fato.
Recentemente li que o nosso Estado está em último lugar em todos os índices sociais (analfabetismo, saúde básica, renda per capita, saneamento básico, moradia, etc), além da corrupção. A princípio a gente pode pensar que saúde ou várias outras coisas são mais importantes que educação, mas eu acho que não. Acho que o mais importante para começar a melhorar todos os índices é melhorando o nível intelectual do povo. Fazendo o povo parar de fofocar (e de ver novela) para começar a ler, refletir e pensar no futuro, que sempre vem. Ai povo descobre o seu poder; o poder do respeito, da honestidade e da solidariedade. Foi este tipo de poder que construiu várias das nações mais importantes que existem hoje.

Por enquanto, ainda está valendo o nepotismo, infelizmente.

Paulo Veras disse...

Pois é meu caro Sérgio, o problema do nepotismo não está na nomeação, por exemplo, de uma dentista para comandar a Educação. O problema é que essas pessoas normalmente não tem conhecimento suficiente para exercer o cargo, que recebem somente pelo parentesco político.

E aí quem sofre? O povo, é sempre o povo!

BOCA DE CAÊRA disse...

isso infelizmente é comum, mais é comum e sempre exitirá em qualquer sociedade que seja de cunho capitalista. ora, então a solução é aceitarmos? dizendo palavras como; -É assim mesmo... ou -não podemos fazer nada...

quem aceita viver esta realidade se torna parte dela, e mesmo que não goste a medida que não faz nada para mudá-la se torna um propagandeador dela.

também não se pode vencer jogando dentro do jogo deles. ninquem nunca irá conseguir vencer o nepotismo mendingando poder, o poder surgi da força, e para temos que tomar o poder das mão desses caras, na lei ou na marra!

Franco. disse...

Pois é, pois é, pois é ..