AS CRÔNICAS DO BUSÃO I: A EXORTAÇÃO

“Até quando você vai ficar usando rédea
Rindo da própria tragédia?
Até quando você vai ficar usando rédea
Pobre, rico ou classe média?”
Até Quando – Gabriel, O Pensador.
Quando passei no vestibular minha primeira sensação foi, deveras, alegria, mas agora, que estou terminando a faculdade, sinto um extremo vazio no lado financeiro da vida, se custear apenas as despesas da faculdade já é difícil imagine ter de pagar R$16,00 por semana para usufruir de um ônibus que dizem pertencer à prefeitura.

Quando eu entrei na Ufal descobri que o ônibus vespertino era inteiramente custeado pela prefeitura – incluindo a gasolina e o salário do motorista – e que os passageiros pagavam apenas para manter - ou ajudar a manter – os ônibus dos outros horários. Legal, legal, que altruísmo dos infernos! Pensemos um pouco: só no horário matutino rodam dois ônibus da Edtur ( a empresa bondosa que nos faz o precinho camarada de sempre) e, se considerarmos que cada um comporta 45 ou 46 passageiros – isso se excluirmos os que vão em pé ( que no ônibus vespertino é um absurdo) -, temos um total de, no mínimo, R$ 1.400,00, e se adicionarmos o ônibus da tarde e os três da noite... Ih, perdi a conta! Tudo bem que o aluguel dos ônibus seja caro ou que os motoristas cobrem um absurdo para dirigi-los, mas francamente: para onde vai todo esse dinheiro? Aliás, é necessário mesmo todo esse dinheiro para custear as despesas nossas de cada dia?
O que impressiona é o descaso de se afirmar que o ônibus da tarde não é responsabilidade da Edtur – tudo bem, a gente do período vespertino para de pagar e tudo certo! -, além do cinismo descerebrado que alguns estudantes tem de se mostrar grato a essas pessoas e rebaixarem-se ao lixo da chumbetagem. Muito se tem feito para suscitar debates sobre essa situação abusiva, mas a merda parece continuar na cabeça dos estudantes, que não se mobilizam para saber de coisas úteis, como orçamento mensal gasto com os ônibus e as causas do sistema privado vigorar em nossa cidade. Segundo a Secretaria de Educação do município o culpado é o número imenso de ônibus que rodam em nossa cidade. Ah, tudo bem, então. São Miguel dos Campos emite quase vinte ônibus para a capital e nenhum estudante é obrigado a pagar para ir sentado, em pé, no motor ou no corredor. Lá, eles também não pagam para não perder cadeira, outra papagaiada que suportamos calados.

Até quando vamos manter isso? Até quando vamos continuar agindo como se tudo estivesse de acordo com as regras? Até quando os estudantes que não têm condição favorável de renda vão fingir que pertencem ao comboio da elite descerebrada?
Tarcísio José

17 comentários:

Dallas Diego disse...

O que eu acho pior eh que tem pessoas que sentem-se donas do onibus, principalmente o vespertino!!

F! Art´s - Carlyson Geijine disse...

E olhe que esses estudantes são a "classe pensante" da nossa querida e amada cidade!

As pessoas pensam estar fazendo dever, pensam sempre que estão erradas, e que devem favor! E o pior se trocam por um simples lugar em um ônibus (se é que eu posso chamar assim).

LIBERTAS disse...

pois é o Tá fez uma ótima analise da situação, nós que frequentamos aquele ônibus sabemos que a única pessoa que nos separa da morte certa em um acidente de transito é um velho bêbado e mal-educado. E só.

Jessy disse...

Todos os dias me pergunto:cadê a força da juventude organizada?Onde foi parar a luta estudantil?a massa acadêmica se rendeu ao conformismo?E nosso conhecimento,é conhecimento "morto",intransmissível,imobilizante?Por que este silêncio,esta omissão,esta falta de pertença?Sinto falta de um passado que não vivi,mas ouço falar.Passado de revoluções,barrulho,reunião,coletivo,indagações...Hoje, o que vejo é individualismo,o que importa é a simples satisfação de desejos pessoais e para isso vale tudo!
Se exercemos o poder constitucionalizado de liberdade de expressão, somos marginalizados,ditados pobres favelados!O que está prendendo nossa voz?O que impende a revolução?Por que não começar?Medo?
Estou disposta a encomodar esta burguesia,se torna ouvinte,ativar meu direitos,procurar soluções,organizar mobilizações!!!

Dallas Diego disse...

Eitah!!

O que eu disse, se confirmou hoje!!
O "autoritarismo" nao funcionou, a educação foi a melhor forma!!

P.S. quem tava no busao entendeu o que eu disse!!

Luísa disse...

foda esse texto. nao da pra acreditar que uma prefeitura cause este mal-estar financeiro nos estudantes e nao da pra crer que eles ficam em silencio diante disso.
Ps.: se o texto anterior do Tarcísio nao foi tao ironico, esse foi ironico-corrosivo.

Jack Diniz disse...

Todo mundo vê, mas finge que não.
Muitos são os que estão insatisfeitos com a atual situação, poucos os que desejam realizar alguma coisa que possa gerar mudança.
E enquanto tudo continua igual, vamos celebrando a estupidez humana.

LIBERTAS disse...

Pois é, o pior é saber que hoje, todos nós voltaremos para aquele ambiente infecto, para ouvir os mesmos xingamentos anencéfalos e jogar a roleta-russa de quem vai bater hoje. Por muito tempo.

Marcus Diego (Maceió) disse...

Comentario dificilzinho de entender o do libertas.
O texto tah foda! Tenho umas dúvidas:
O que o pessoal do ministério público axaria dessa situação?
O que o pessoal DO BLOG axa dessa situação?

Antônio Mendez disse...

Texto legal.
Utilizou dos dois recursos que mais admiro nos textos: ironia e agressividade. parabens ao blog e ao escritor.

Sérgio ACORDA UNIÃO disse...

Respondendo ao Marcus e Agradecendo ao Antônio . Marcus A maioria dos Estudantes são acomodados, preferem pagar ao invés de lutar. A maioria deles um tempo atrás, decidiu que deveriam pagar, para não gerar confusão. Sou totalmente contra o Pagamento, acho deveria encontrar outra forma.
Acgraceço ao Antonio e a todos os outros q contribuem para as discussões aqui no blog
abçs.
P.S. Tarcío está mais uma vez de parabéns.

Anônimo disse...

Ando no ônibus da prefeitura e ouço falar de uma tal AESP e acho que dizer que ela representa os estudantes é uma piada! O que peste estão esperando para fazer alguma coisa, que mais alguem desista do curso como o rapaz que passou para Matemática foi obrigado a fazer?
Chega de Comodismo, Pessoal!

Marcio Ferreira disse...

Veja bem,caro anomimo, a Aesp passou um tempo desarticulada em razão daqueles estudantes terem se formado e outros motivos menos importantes. No entanto, conseguimos reativá-la em 2007. infelizmente a participação as reuniões eram simplismente pífias. Poderás participar de forma efetiva, vamos realizar nova eleição em breve.

Anônimo disse...

E o pior de tudo é ter que ouvir mentiras da esposa do propriétario, quando a procuramos no horário noturno da segunda feira 06 / 10 / 2008,(após a eleição, onde nehum busão do outro horário foi, pq ela inventou o mesmo truk, só q com a galera do noturno não colou) que dizia que o ônibus não iria... hahahaiiiiii.. engano dela, pois conseguiram desmacará-la e o busão foi.. no minímo um... mas, foi...Sem contar O DESRESPEITO QUE HÁ COM TODOS ESTUDANTES... RESPEITEM OS ESTUDANTES... NÓS PAGAMOS INFELIZMENTE...E MERECEMOS NO MÍNIMO TER NOSSOS DIREITOS GARANTIDOS E RESPEITADOS... VAMOS A LUTA GALERA... A HORA CHEGOU...

Tarcísio José! disse...

Agradeço ao blog por mais um texto postado e devo fazer algumas considerações:
*Infelizmente eu também faço parte da galera que aceita quase que passivamente essa extorção;
*A situação do ônibus da tarde é realmente alarmante devido ao número de estudantes de escolas particulares que só por causa de um sobrenome futilmente divulgado se sentem donos do ônibus;
*A segunda crônica está atrasada, mas estarei enviando para o pessoal do blog ainda hoje.
*Enquanto isso, vamos embuscar de nossos direitos, com dominó, tábua na cabeça e algazarra organizada.

Ps: Adorei os comentários de todos.
VALEU, PESSOAL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

F! Art´s - Carlyson Geijine disse...

Tô linkando o Acorda União no meu blog!!!
:D

http://mundofarts.blogspot.com

Anônimo disse...

intiresno muito, obrigado