A Saída

Gostaria de realizar neste processo eleitoral aqui no nosso blog uma discussão sobre o voto, já que os comentários sobre a forma de espressá-lo estão bombando.
Aqui fica a Enquete, através de comentários nós defendermos aquilo que achamos o melhor, com justicicativa.

O voto em candidatos
O voto em branco
O voto nulo.

Acredito que será um bom exercício.

Vamos às defesas.


Sérgio Rogério - ACORDA UNIÃO

3 comentários:

JOSIVALDO RAMOS disse...

Entendo que o VOTO NO CANDIDATO continua sendo a melhor opção para o exercício da cidadania. Particularmente no pleito palmarino basta escolher entre o CONTINUÍSMO e a MUDANÇA, pois em suma estas sãos opções postas, haja vista que os dois candidatos favoritos trazem consigo uma história de continuísmo político, por conta dos DINOSSAUROS da politica que os apóiam, patrocinam suas campanhas e certamente irão ditar as diretrizes que deverão seguir; e a segunda opção é uma candidata que embora não possua experiência POLÍTICA/ADMINISTRATIVA traz consigo princípios éticos e propostas inovadoras; assim sendo é fácil de escolher em quem votar, pois se escolher o continuismo poderá escolher entre dois nomes: KIL ou BETO BAÍA, já se escolher mudança só restará votar na MARCIÂNGELA, portanto não vejo porque optar em votar em BRANCO ou ANULAR o voto. Basta escolher entre o CONTINUÍSMO e a MUDANÇA. Viva a DEMOCRACIA!!!

enbarbosa68 disse...

VOTAR É SEMPRE VOTAR. Enquanto corruptos e malfeitores devastam os erários públicos e embolsam o bem-estar do povo, a justiça "eleitoral" engessa a vontade e a liberdade deste com sansões àqueles que deixarem de votar.
ACORDA GENTE, VOTAR NUNCA FOI, NÃO É E JAMAIS SERÁ UM DIREITO. É UMA OBRIGAÇÃO: PUNÍVEL A QUEM NÃO A CUMPRE.
Entre passar horas em uma fila esperando para votar e passar o domingo de sol numa praia, é claro que a segunda opção nos dá mais sensação de cidadãos livres.
Mas para não ser punido, lembremo-nos de enganá-los assim como temos sido enganados por tanto tempo. Daremos uma passadinha numa secção de dominação e controle eleitoral e justificaremos a nossa presença na praia.
E, VIVA A LIBERDADE!!!!
PS: QUE DEMOCRACIA É ESTA QUE COMEÇA NOS OBRIGANDO A VOTAR?

Sérgio ACORDA UNIÃO disse...

Defendo veementemene o voto, é bom lembrarmos que ao optarmos por votar nulo ou branco estamos deixando de lado um direito de escolher, mesmo que isto seja uma obrigação. Vamos lembrar que a má ou boa educação, o saneamento ou a lama, a saúde ou a precariedade dela, a segurança ou a violência... são fatores que são determinados pela POLÍTICA/ELEIÇÕES, então, chega dessa de votar nulo ou em branco, vamos votar, e a depender de em quem, ajudar para o crescimento ou afunilamento das cidades. E se é obrigação hoje, lembremo-nos que antes nem assim podiamos votar.